Onde a Moderação é o Melhor para Saúde

Quando se trata da nossa saúde, e bem-estar, muitas vezes é preciso uma quantidade considerável de disciplina e empenho para maximizar as nossas possibilidades! Uma das lições essenciais a aprender é usando de moderação numa variedade de áreas, onde fazê-lo, é possível, e pode fazer sentido! Não só faz sentido, como pode ser mais fácil conseguir o nosso melhor pessoal, em vez de tentarmos, fazer coisas e comportamentos erráticos.

Se procedemos com formas que sejam mais plausíveis, e fizemos as transições/ mudanças, parecerem mais razoáveis, etc.? Com isso em mente, este artigo tentará considerar, examinar, rever e discutir algumas áreas, onde isto, muitas vezes, melhorará a nossa saúde global e bem-estar.

Hábitos alimentares
Hábitos alimentares

1. Hábitos alimentares: Se, durante muitos anos, comeu de uma certa forma ou fez um tipo de dieta, mudar dramaticamente da noite para o dia, pode parecer esmagador, e, assim, isto torna-se uma das principais razões porque tantas dietas e planos de perda de falham!

Uma abordagem mais moderada, sensata, pode ser, perseguindo em um passo a passo, uma  abordagem e alternativas, considerando as suas necessidades pessoais, e que alimentos, você mais deseja, e seguindo assim uma opção mais saudável, mas feita pouco a pouco, para não causar tanto impacto na nossa vida.

2. Beber com moderação: A menos que se tenha dependência do álcool, e apenas desfrutede tomar uma bebida ocasional, beber com moderação, pode ser uma abordagem sensata! Não beba porque sente que precisa de uma bebida, mas, em vez disso, apenas quando quer!

Descubra, o que gosta, e porquê, e faça-o, ocasionalmente, mas, não, o tempo todo! Nunca use a bebida como uma muleta, ou desculpa, para um comportamento antissocial ou para afogar magoas!

Evidentemente que para quem é viciado no álcool este comportamento já não pode ser feito assim, aos poucos, mas é preciso cortar definitivamente com toda a bebida e conseguir ter força de vontade para manter esse corte, porque estas pessoas não têm controlo quando começam a beber.

3. Estilo de vida: Durante a nossa vida, as nossas necessidades, o nosso estilo de vida, a nossa saúde geral, etc., podem, muitas vezes, mudar, várias vezes drasticamente devido a fatores externos ou por nossa própria vontade!

É tolice tentar, viver o mesmo estilo de vida, quando se tem 50 anos, ou mais, como se fez quando se tinha vinte e tal, trinta anos! Algumas destas áreas, quando moderar comportamentos, podem ser pessoalmente, úteis, incluem a quantidade de sono, necessário, as atividades sociais, as atividades físicas (principalmente o desporto ou atividades muito ativas), etc.

dor nas pernas
dor nas pernas

4. Exercício: Exercício apropriado é, normalmente, uma componente inteligente da parte de uma saúde geral e bem-estar, que deve ser mantida durante toda a vida, mas evidentemente que quanto mais velhos somos maior a moderação é necessária! Se aos 30 anos era normal fazer uma corrida diária para manter a forma, aos 50 é mais prudente fazer uma caminhada, pois as nossas articulações já não suportam os choques provocados pela corrida e assim, o que poderia ser benéfico acaba por ser prejudicial para a nossa saúde.

Para além das articulações há outros problemas nas pernas e na coluna, como tendinites, reumático ou problemas de circulação que podem-se agravar com exercício muito forte.

Deve-se consultar o seu profissional de saúde de confiança, especialmente quando quer fazendo mudanças significativas, embarcando em algo novo de uma perspetiva de exercício mais forte!

5. Controlar o temperamento: Pode haver, por vezes, uma linha ténue, entre controlar o temperamento e os níveis de raiva, e manter as coisas fechadas dentro de nós excessivamente! Encontrar um compromisso inteligente, que funcione para si, é benéfico, e vale a pena!

Se espera desfrutar de uma vida mais saudável, mais feliz, não faz sentido prosseguir com mais moderação? Estará disposto a dar a si mesmo, um muito necessário checkup para saber o que pode fazer e o que não deve. Assim como usar moderação, para obter melhores resultados pessoais?

Mesmo entre as pessoas da mesma facha etária é necessário abordar certos comportamentos que podem afetar a nossa saúde com moderação, pois nós não somos todos iguais e não podemos sempre fazer aquilo que queremos ou gostaríamos.

Podemos ter muita vontade de praticar um determinado desporto, ou outra atividade física, que vemos alguns dos nossos amigos fazer, mas se a nossa saúde não nos permite, temos que ter moderação e evitar fazer coisas que possam causar danos à nossa saúde, mesmo que não sejam imediatos, que apenas venhamos a sentir passado alguns anos.

Por isso, se tem alguma limitação física, antes de fazer qualquer atividade fale com o seu médico e peça-lhe conselhos – principalmente sobre as consequências futuras que possa vir a ter.

Voltar ao Topo